GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Saúde Secretaria de Saúde informa sobre intensificação no combate à dengue e febre chikungunya

Saúde

Secretaria de Saúde informa sobre intensificação no combate à dengue e febre chikungunya

A Secretaria Municipal de Saúde de Garanhuns, por meio da Vigilância em Saúde, esclarece que o mosquito transmissor da dengue e da febre chikungunya (Aedes aegypti) está sendo combatido com piriproxifem (Sumilarv 0.5g). Este novo produto, que se apresenta em...

Publicado em

A Secretaria Municipal de Saúde de Garanhuns, por meio da Vigilância em Saúde, esclarece que o mosquito transmissor da dengue e da febre chikungunya (Aedes aegypti) está sendo combatido com piriproxifem (Sumilarv 0.5g). Este novo produto, que se apresenta em formulação granulada, tem sua utilização aprovada após muitos testes realizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde (MS), não comprometendo a qualidade da água tratada.

O Sumilarv, ao contrário dos larvicidas que os agentes de endemias utilizavam anteriormente no tratamento das caixas d’água e outros depósitos, não mata diretamente as larvas, conhecidas como “martelos”, fato que a população pode interpretar como ineficiência da ação, porque mesmo depois de aplicado, os “martelos” continuam vivos. Diante de questionamentos a esse respeito, a Diretoria da Vigilância em Saúde esclarece que o produto atua nos hormônios dos insetos, causando mutação que compromete o seu crescimento e evolução.

Apesar da eficácia comprovada do produto que está sendo utilizado, a Secretaria de Saúde de Garanhuns solicita a toda a população uma atenção redobrada com relação a identificação e eliminação de todos os possíveis criatórios do mosquito da dengue/chikungunya, no interior e ao redor dos domicílios. Diante do fato de que outros municípios do porte de Garanhuns e com as mesmas condições de risco já se apresentam em situação de epidemia, inclusive alguns deles com casos de óbito por dengue hemorrágica ou por complicações, é importante ressaltar que tanto a dengue, quanto a febre chikungunya são doenças que devem ser combatidas a partir do esforço conjunto de toda sociedade, e a colaboração da mesma é o fator fundamental nessa luta.


Texto: Ruthe Santana
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste