GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Educação Projeto Visão para Todos atendeu mais de 600 garanhuenses

Educação

Projeto Visão para Todos atendeu mais de 600 garanhuenses

O projeto, voltado para pessoas com baixa visão ou cegueira, encerrou ontem (02) Mais de 600 garanhuenses passaram pela triagem para serem beneficiados pelo projeto SighFirts – Visão para Todos – “Caminhando com autonomia, independência e desenvolvimento”. O projeto, que...

Publicado em

O projeto, voltado para pessoas com baixa visão ou cegueira, encerrou ontem (02)

Mais de 600 garanhuenses passaram pela triagem para serem beneficiados pelo projeto SighFirts – Visão para Todos – “Caminhando com autonomia, independência e desenvolvimento”. O projeto, que iniciou na última segunda-feira (29), diagnosticou 78 pessoas com baixa visão ou cegueira, que integram o público-alvo do atendimento. A iniciativa é da Fundação Altino Ventura, em parceria com o Lions Internacional, Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação e Esportes. O projeto, que irá alcançar 12 cidades de Pernambuco, seguiu até ontem (02), em Garanhuns.

O projeto tem o objetivo de ampliar os serviços de visão e cegueira para crianças a partir de 6 anos e para adultos, em qualquer idade. Todas as pessoas que passaram pela triagem, com algum outro problema de visão, passaram pela primeira etapa do projeto, que foi o atendimento oftalmológico, e a partir disso foram encaminhadas para o atendimento especializado de acordo com o seu problema. Já as pessoas que foram diagnosticadas com baixa visão ou cegueira foram atendidas ontem (02), por especialistas, e serão encaminhadas para o centro de reabilitação em Recife, onde passarão por um processo de aprendizagem de independência para o seu dia a dia, e receberão, gratuitamente, muletas, bengalas, lupas, entre outros aparelhos, de acordo com sua necessidade.

Uma das coordenadoras da Atenção Básica, Anne Cotias, avalia o projeto. “Foi um sucesso, pois superou a expectativa mínima, que tínhamos para o município. Garanhuns ficou classificado como primeiro do interior e em segundo lugar em nível estadual de pessoas diagnosticadas com baixa visão e cegueira. Consideramos um número significativo de pessoas. O que nos deixa satisfeitos é saber que todas esses garanhuenses serão atendidos pela fundação, que irá viabilizar para estes, uma maior qualidade de vida, por meio de alternativas que facilitarão o seu dia-a-dia”, afirmou.

O atendimento foi realizado no Centro Especializado de Saúde da Mulher e da Criança (Cesmuc). A partir da triagem e diagnóstico das pessoas identificadas com baixa visão ou cegueira, a fundação poderá dar alternativas para o problema, mesmo que não haja a cura. O articulador do projeto, Diogo Couto, fala sobre a realização da ação em Garanhuns. “O Visão para Todos em Garanhuns foi realmente muito bom. Identificamos mais pessoas do que esperávamos, as quais serão encaminhadas para o nosso centro de reabilitação e lá passarão por todo um processo, que facilitará o seu dia-a-dia, garantindo uma maior qualidade de vida para essas pessoas”, comentou o profissional.


Texto e foto: Ruthe Santana
Edição de texto: Cloves Teodorico
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste