GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Saúde Profissionais de saúde são capacitados para o diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil

Saúde

Profissionais de saúde são capacitados para o diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil

O momento de discussão sobre o tema foi direcionado aos profissionais da Atenção Básica de Saúde de Garanhuns Mais de 100 profissionais da Atenção Básica de Saúde de Garanhuns, dentre eles dentistas, médicos, enfermeiros e agentes comunitários de saúde, participaram...

Publicado em

O momento de discussão sobre o tema foi direcionado
aos profissionais da Atenção Básica de Saúde de Garanhuns

Mais de 100 profissionais da Atenção Básica de Saúde de Garanhuns, dentre eles dentistas, médicos, enfermeiros e agentes comunitários de saúde, participaram de uma capacitação para diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil. O momento foi realizado na manhã desta terça-feira (06), no auditório da Comissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional (Codeam). Na ocasião, os profissionais puderam discutir sobre os sintomas e o tratamento, além de refletir sobre o diagnóstico precoce do câncer. A capacitação foi promovida pelo Instituto do Câncer Infantil do Agreste (Icia) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

Na ocasião, quatro palestras foram ministradas por uma equipe multiprofissional do Icia. O médico Luiz Henrique, que foi um dos palestrantes, falou sobre a relevância desse diagnóstico. “No tratamento do câncer infanto-juvenil não existe a prevenção, como acontece com adultos. Na criança, nós só temos a oportunidade do diagnóstico precoce. Com essa bandeira é que conseguimos salvar tantas vidas. O câncer infantil é curável, desde que esse diagnóstico seja feito precocemente e a criança seja tratada em local adequado”, comentou o profissional.

A partir dessa capacitação, os profissionais de saúde de Garanhuns puderam entrar em contato com a realidade do câncer infanto-juvenil, desde o processo de identificação até a realização do tratamento. Uma das coordenadoras da Atenção Básica de Garanhuns, Juliana Benjoino, explicou como essa capacitação vai influenciar no cotidiano dos profissionais de Saúde de Garanhuns e, consequentemente, na população do município. “Eu acredito que tenha sido um momento de bastante proveito para todos os que estiveram aqui. Por meio dessa capacitação, os profissionais terão um olhar diferenciado para o público, facilitando o diagnóstico do câncer. Nós queremos o quanto mais cedo identificar os sinais e sintomas do câncer infanto-juvenil, para que essas crianças sejam encaminhadas para o centro especializado de tratamento e aí a gente consiga um resultado bem positivo nessa assistência”, afirmou Juliana.

A garanhuense Andrea Viana, que tem uma filha de 13 anos de idade com leucemia, esteve presente na capacitação e pôde contribuir com o momento, compartilhando sobre a sua experiência diária nesse tratamento. “Momentos como esses são muito importantes, pois se o profissional de saúde tiver um olhar diferenciado para aquela criança que é atendida no posto de saúde ou aquela a que o agente de saúde visita em sua casa, ele poderá fazer esse diagnóstico precoce. Foi isso que aconteceu com a minha filha. A doença é muito rápida, mas ela foi descoberta ainda no início. E assim como minha filha já está em fase de conclusão do tratamento, espero que outras crianças também recebam esse acompanhamento. Com dedicação e atenção aos pequenos detalhes, eu acho que a possibilidade de cura é bem maior”, comentou.

Profissionais de saúde são capacitados para o diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil


Texto e fotos: Ruthe Santana
Edição de texto: Cloves Teodorico
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste