GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente Operação Pipa é iniciada em Garanhuns

Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente

Operação Pipa é iniciada em Garanhuns

Ação visa garantir a qualidade da água que é consumida pela população Para garantir a qualidade da água que é consumida pela população, está sendo realizada, desde ontem (09), a vistoria dos caminhões-pipa para a Operação Pipa do Agreste Meridional...

Ação visa garantir a qualidade da água que é consumida pela população

Para garantir a qualidade da água que é consumida pela população, está sendo realizada, desde ontem (09), a vistoria dos caminhões-pipa para a Operação Pipa do Agreste Meridional e parte do Sertão pernambucano. A vistoria está sendo feita das 7h30 às 17h30, no 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (71º BIMTz). A ação, que é realizada em parceria com a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, segue até o dia 20 de outubro.

A ação consiste em verificar as condições gerais do veículo, como a situação dos pneus, parte mecânica, estrutural, e as condições de limpeza do tanque que transporta a água. Esses procedimentos são realizados a cada três meses, visando garantir que a água que é transportada não ofereça nenhum risco à saúde da população. A ação trimestral renova e adquire novos contratos para caminhões-pipa, atendendo 38 cidades. Nesse período, cerca de 450 veículos serão avaliados.

Quando o veículo é vistoriado pela Vigilância Sanitária, os motoristas são encaminhados ao 71º BI MTz, para o credenciamento, etapa em que a documentação exigida é verificada. Para o credenciamento são necessários documentos como CPF ou CNPJ, declaração dos carros-pipa na empresa, comprovante de residência, documentação do veículo, declaração da fonte, entre outros. Para passar pela vistoria é necessário agendamento, que será realizado até o dia 17 de outubro, no prédio do batalhão, ou pelo telefone (87) 3762-2000.

O fiscal sanitário da Apevisa, Dr Manoel Luiz, fala sobre o objetivo da ação. “É algo fundamental, pois a partir disso verificamos as condições sanitárias do caminhão e assim oferecemos à população uma água com segurança no consumo”, comenta. Após vistoria e credenciamento, será realizado o sorteio, no dia 23 de outubro, que anunciará os 370 caminhões aptos a transportar água potável para a população e os que ficarão na lista de espera.


Texto e fotos: Ruthe Santana
Edição de texto: Cloves Teodorico
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste