GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Saúde One Sight encerra mutirão de atendimentos em Garanhuns

Saúde

One Sight encerra mutirão de atendimentos em Garanhuns

Mais de cem profissionais estiveram envolvidos diretamente em exames e confecção de óculos desde a última segunda-feira (12)   por AQUILLES SOARES 22 de junho de 2017   Ajudar o próximo por meio da união e solidariedade. Este foi o...

Publicado em

Mais de cem profissionais estiveram envolvidos diretamente em exames e confecção de óculos desde a última segunda-feira (12)

 

por AQUILLES SOARES

22 de junho de 2017

 

Ajudar o próximo por meio da união e solidariedade. Este foi o principal legado deixado pelo projeto OneSight em Garanhuns, que foi desenvolvido dentro de suas várias etapas em um ciclo de cinco meses, com o intuito de contemplar 5 mil alunos da rede municipal e estadual de ensino, incluindo os municípios que compõem a V Gerência Regional de Saúde (V Geres). O projeto é uma idealização entre a ONG OneSight e a Fundação Altino Ventura (FAV), contando com o apoio do Governo Municipal de Garanhuns, por meio das Secretarias de Saúde e Educação, do Governo do Estado, pela V Gerência Regional de Saúde e na cidade obteve o seu ápice de atendimentos. Nesta quinta-feira, diversos estudantes compareceram até à sede da Associação Garanhuense de Atletismo (AGA), onde os óculos confeccionados desde a última semana estavam disponíveis.

 

De acordo com um levantamento parcial feito pela coordenação do projeto, mais de 5 500 alunos foram atendidos até essa quarta-feira (21), número que abrange um total de 130 escolas da região. Com o envolvimento direto de 120 profissionais, foram viabilizados aproximadamente 55 mil procedimentos oftalmológicos, que resultaram em mais de 3500 óculos produzidos. Deste total, mais de 1000 são em benefício do município de Garanhuns.

 

A iniciativa veio, sobretudo, em auxílio de pessoas como Eliane dos Santos, e de sua filha Evelyn Raynara, de 6 anos, que estuda na Escola Municipal José Ferreira Sobrinho, no distrito de São Pedro. “Minha filha nunca havia usado óculos, daí ela foi pré-selecionada na escola e fez o exame para ver qual o problema na visão. Pois ela já tem o aprendizado lento, pelo fato de também possuir deficiência, o que dificulta mais ainda. O óculos vão melhorar e muito, porque minha filha vive assistindo televisão e fica em pé em cima do aparelho”, declarou Eliane.

 

De acordo com o coordenador de Projetos Especiais da FAV, Guibson Trindade, o sucesso do projeto deve-se acima de tudo ao empenho de todos os órgãos e entidades envolvidas. “Todas as metas foram superadas. O Governo Municipal acolheu o projeto de forma brilhante, Garanhuns foi um excelente anfitrião. Estamos aqui com 33 estrangeiros que estão com uma imagem muito positiva de Garanhuns, estão felizes e já querem voltar. O trabalho foi feito com muito prazer”, afirmou.

 

Os alunos que ainda não receberam os óculos durante o mutirão da AGA, receberão o aparelho a partir da próxima semana por unidade escolar, que serão catalogados e entregues às redes municipal e estadual de ensino para que sejam entregues em um prazo de até cinco dias úteis.

 

Já o coordenador da ONG One Sight ressalta a sensação de dever cumprido, ao fim das atividades do mutirão. “A missão é muito mais que cumprida, vamos continuar em parceria com a FAV aqui em Pernambuco. Já temos ideia do que fazer no ano de 2018, sempre em conjunto com a Educação e Saúde, para fazer algo parecido com o que aconteceu aqui. Com certeza, vamos ajudar outras pessoas”, declarou Daniele Cangemi.

 

A titular da pasta de saúde comenta a importância da ação para diminuir o quantitativo de patologias na visão de crianças e adolescentes do município. “Durante as últimas semanas, em que os alunos triados passaram por exames específicos e pela avaliação de profissionais capacitados, confirmamos o grande número de alunos com miopia e glaucoma. Com o auxílio do OneSight, conseguiremos atingir uma boa parte de crianças. Mas, não podemos deixar de lado o acompanhamento posterior, que é essencial para manter uma qualidade de vida e cuidar da visão deste contigente”, explica a secretária municipal de Saúde, Shisneyda Furtado.

One Sight - Aquilles - 19.06 (14)

One Sight - Aquilles - 19.06 (11)

One Sight Final - Aquilles - 22.06 (2)

Fotos: Aquilles Soares – Secom/PMG

Redimensionar Fonte
Contraste