GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Saúde Mais de mil jovens já foram imunizados em Garanhuns

Saúde

Mais de mil jovens já foram imunizados em Garanhuns

A vacina de HPV é disponibilizada nas Unidades de Saúde do município por DANIELA BATISTA 9 de maio de 2017 O Brasil é o primeiro país na América do Sul a oferecer a vacina de HPV para meninos. O Ministério...

Publicado em

A vacina de HPV é disponibilizada nas Unidades de Saúde do município

por DANIELA BATISTA
9 de maio de 2017

O Brasil é o primeiro país na América do Sul a oferecer a vacina de HPV para meninos. O Ministério da Saúde já disponibiliza gratuitamente, desde 2014, a vacina para meninas de 9 a 13 anos. Para os meninos, a medida foi adotada em janeiro deste ano. Em Garanhuns, durante o período de janeiro a março de 2017, cerca de 1.120 meninos e meninas já foram vacinados. O Governo Municipal de Garanhuns disponibiliza, por meio da Secretaria de Saúde, as vacinas de HPV nas Unidades de Saúde do município.

A imunização previne o câncer de colo uterino, peniano, retal, vulva, vagina, ânus e orofaringe.  No momento da vacinação, além da vacina de HPV, o jovem também toma a dose de Meningo C, que previne a Meningite, para meninos e meninas de 12 a 13. A coordenadora do Programa Nacional de Imunização, Luciana de Andrade, fala sobre o quantitativo de jovens que já receberam as vacinas. “No ano passado, de janeiro a março, foram 226 meninas vacinadas. Com essa decisão de também imunizar os meninos, houve um aumento significativo. Foi uma medida muito importante, porque eles também se arriscam. Há o risco de contraírem o câncer de pênis, que hoje em dia é um problema de saúde pública grave. Ele pode acarretar problemas como amputação do membro”, finaliza.

A vacinação pode ser feita de segunda à sexta-feira, das 8h às 16h, em qualquer unidade de saúde do município. É necessário estar portando a caderneta de vacinação da criança/adolescente.

Foto: Arquivo Secom/PMG

Redimensionar Fonte
Contraste