GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Saúde Garanhuns colabora com pesquisa para criação de vacina contra a dengue

Saúde

Garanhuns colabora com pesquisa para criação de vacina contra a dengue

Em Pernambuco, além de Garanhuns, Olinda também participa da iniciativa O município de Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco, está colaborando com uma pesquisa nacional que tem o objetivo de desenvolver uma vacina contra a dengue. A iniciativa, da Universidade...

Publicado em

Em Pernambuco, além de Garanhuns, Olinda também participa da iniciativa

O município de Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco, está colaborando com uma pesquisa nacional que tem o objetivo de desenvolver uma vacina contra a dengue. A iniciativa, da Universidade Federal de São Paulo e do Ministério da Saúde, é uma etapa desse processo. Ao todo, oito Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) estão envolvidas na coleta de sorologia – os agentes comunitários de saúde das localidades estão responsáveis pela mobilização das comunidades para que pessoas sejam voluntárias.

Os critérios de escolha dos municípios participantes, estabelecidos pelos pesquisadores, envolvem a incidência de casos por número de habitantes. No Estado, apenas Garanhuns e Olinda foram selecionados. No total, em todo o Brasil, são 63 municípios envolvidos na causa. Ao término das coletas, o material será enviado ao ministério.

A ação vem sendo coordenada, em Garanhuns, desde o início deste mês, pela Vigilância Epidemiológica. “Nós estabelecemos os postos de saúde que participariam conosco desse trabalho voluntário. A partir disso, estamos cumprindo um cronograma de visita às unidades para convidar a população dessas áreas. Outras pessoas, que morem em outros bairros, também podem participar de maneira espontânea”, esclarece a coordenadora do departamento, Sísia Melo.

Os interessados em participar da coleta de sangue devem estar na faixa etária de 1 a 20 anos, e se dirigir ao Laboratório Garanhuense de Análises Médicas (Lagam), localizado na praça Souto Filho, centro. Para outras informações, o contato da Vigilância Epidemiológica é o (87) 3761-7750.


Texto: Cloves Teodorico
Imagem: Divulgação/Internet
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste