GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Saúde Conferência Municipal de Saúde discutiu melhorias para a área

Saúde

Conferência Municipal de Saúde discutiu melhorias para a área

Discussão aconteceu na última sexta-feira (19) Aproximadamente 250 pessoas participaram da VI Conferência Municipal de Saúde de Garanhuns, realizada na última sexta-feira (19). Na ocasião, foram discutidos vários temas voltados à saúde pública e debatidas propostas que, posteriormente, podem se...

Publicado em

Discussão aconteceu na última sexta-feira (19)

Aproximadamente 250 pessoas participaram da VI Conferência Municipal de Saúde de Garanhuns, realizada na última sexta-feira (19). Na ocasião, foram discutidos vários temas voltados à saúde pública e debatidas propostas que, posteriormente, podem se tornar políticas públicas para o setor. O tema central da conferência foi a “Saúde Integral e de Qualidade para todos e todas: Direito de Cidadania”. A discussão, que foi aberta ao público, foi realizada no auditório do Sesc Garanhuns. A conferência iniciou às 10h e foi encerrada às 20h30.

Após a leitura, e devidos ajustes, do regimento municipal de saúde, três palestras foram realizadas. A participação da sociedade no Sistema Único de Saúde (SUS) foi o tema da primeira palestra, ministrada pela representante do Conselho Estadual de Saúde, Lindinere Ferreira. A segunda discussão foi sobre acesso e direito à saúde, mediado pela professora do curso de medicina da UPE, Renata Nillani. E a terceira palestra, ministrada pelo médico do SUS, Fernando Fidélix, teve como tema o financiamento do SUS e a relação público/privado e a gestão do SUS e modelos de atenção à saúde.

Diante dos temas expostos em cada palestra, foram formados quatro grupos de discussão, com o intuito de aprofundar o debate sobre cada temática e elaborar propostas de melhorias para os serviços da saúde. As discussões coletivas abordaram os seguintes temas: Direito à saúde, garantia de acesso e atenção de qualidade; participação social; valorização do trabalho e da educação em saúde e financiamento do SUS e relação público-privado/Gestão do SUS e modelos de atenção à saúde. As propostas foram discutidas dentro da realidade vivida em Garanhuns, dentro de um contexto estadual e nacional.

O secretário de Saúde, Arlindo Ramalho, fala sobre a relevância da discussão, uma vez que essa conferência foi a primeira etapa para a conferência nacional. “Foi um momento de discussões muito proveitosas e também um momento muito democrático, em que tivemos a participação ativa da população. Tudo o que foi debatido teve uma importância muito grande, uma vez que a partir dessa discussão levaremos propostas para a conferência estadual e da estadual para a nacional, refletindo em melhorias para os serviços à população”, comentou.

A partir das discussões, 15 propostas, de âmbito nacional, estadual e municipal, foram selecionadas e 24 delegados (12 representantes de usuários do SUS, 6 profissionais da saúde e 6 gestores e prestadores de serviço) foram escolhidos para participarem da Conferência Estadual de Saúde.
Conferência Municipal de Saúde discutiu melhorias para a área 2


Texto e fotos: Ruthe Santana
Edição de texto: Cloves Teodorico
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste