GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio FIG 2016 Shows dedicados às mulheres marcam noite de abertura no principal polo do FIG

FIG 2016

Shows dedicados às mulheres marcam noite de abertura no principal polo do FIG

Apresentações seguem até o dia 30. Para acessar a programação completa, basta acessar o portal www.garanhuns.pe.gov.br por RUTHE SANTANA edição de texto CLOVES TEODORICO fotos de CAMILA QUEIROZ e NICHOLE DE ANDRADE A 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) teve, nessa...

Publicado em

Apresentações seguem até o dia 30. Para acessar a programação completa, basta acessar o portal www.garanhuns.pe.gov.br

por RUTHE SANTANA
edição de texto CLOVES TEODORICO
fotos de CAMILA QUEIROZ e NICHOLE DE ANDRADE

A 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) teve, nessa sexta-feira (22), sua primeira noite de shows no polo principal do evento, a Praça Cultural Mestre Dominguinhos. Com a baixa temperatura, característica marcante da cidade, a garanhuense Andrea Amorim foi a responsável por abrir a programação. Fizeram parte de seu repertório músicas autorais como “Outra direção” e “Solidão que te atormenta”, bem como músicas de artistas admirados por ela.

Em um show de muito movimento e interação com o público, Andrea agradeceu a todos os presentes. “Pra mim é uma emoção estar aqui com vocês. Gratidão, gratidão, gratidão. O Festival de Inverno é minha casa e Garanhuns é meu coração. Segunda-feira estou indo para a Europa, mas cá pra nós, nada se compara a esse palco aqui. Gratidão é meu nome”, afirmou a artista que já se apresentou no FIG pela 12ª vez, sendo esta, a primeira em que ela é a atração de abertura do evento.

A atriz e cantora baiana Larissa Luz foi a segunda atração da noite e seu show foi marcado por mensagens de conquista da mulher negra – um dos pontos principais do álbum Território Conquistado, que é o segundo de sua carreira solo. O repertório da cantora traz em seu bojo uma mensagem de representatividade e empoderamento da mulher.

Em seguida, foi a vez da cantora Karina Buhr subir ao palco. O seu repertório contou, principalmente, com músicas do álbum “Selvática”, lançado em outubro do ano passado. Baiana, porém radicada em Pernambuco, a cantora já gravou três discos em carreira solo e cantou músicas como “Dragão”, “Aeroporto” e “Guitarrista de Copacabana”. Outras músicas de seus discos mais antigos também estavam no repertório. Com um show baseado no ativismo feminista, a cantora deixou sua mensagem de luta por direitos iguais que, unida a sua performance, impressionou a multidão.

“A Mulher do Fim do Mundo”. Esse é o nome do primeiro álbum, só com músicas inéditas, na carreira de Elza Soares. Foi baseado nesse disco, lançado em 2015, que Elza trouxe um show surpreendente para o Festival de Inverno. Eleito melhor álbum pop/rock do Prêmio da Música Brasileira 2016, as canções desse disco falam sobre morte, sexo e negritude, que foram compostas pelos paulistas José Miguel Wisnik, Rômulo Fróes e Celso Sim. O álbum venceu a 27ª edição do Prêmio da Música Brasileira na categoria Pop/rock/reggae/hip-hop/funk. O público acompanhava fervorosamente com vozes e com danças todas as músicas da artista.

Dando continuidade à programação do palco principal do evento, neste sábado (23), os garanhuenses e turistas acompanharão os shows de Romero Ferro, Cátia de França e Xangai, Elba Ramalho e Zeca Baleiro. As apresentações iniciam às 21h.

_DSC0343 Processed with VSCO Processed with VSCO with c1 preset Processed with VSCO with c1 preset Processed with VSCO with c1 preset Processed with VSCO with c1 preset

Data: 23/07/2016
Atendimento à imprensa:
(87) 3762.0109 

Redimensionar Fonte
Contraste