GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Assistência Social e Direitos Humanos Secretaria de Assistência Social acompanha famílias com casos de microcefalia

Assistência Social e Direitos Humanos

Secretaria de Assistência Social acompanha famílias com casos de microcefalia

Secretaria de Assistência Social tem trabalhado diariamente no combate ao mosquito Aedes aegypti, bem como no atendimento às gestantes e famílias com casos de microcefalia por RUTHE SANTANA A Secretaria de Assistência Social de Garanhuns elaborou um plano de ação...

Publicado em

Secretaria de Assistência Social tem trabalhado diariamente no combate ao mosquito Aedes aegypti, bem como no atendimento às gestantes e famílias com casos de microcefalia

por RUTHE SANTANA

A Secretaria de Assistência Social de Garanhuns elaborou um plano de ação de combate ao mosquito Aedes aegypti, aprovado pelo Conselho Municipal de Assistência Social, que também contempla Serviço de atendimento especial às gestantes e às famílias com casos de microcefalia. Neste contexto, na última terça-feira (29), foi realizada uma reunião de atualização de dados para as coordenadoras dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras’s). Na ocasião, foram repassadas algumas instruções para as profissionais, e estas puderam trocar as experiências vivenciadas no serviço.

As ações desenvolvidas pela Secretaria de Assistência Social têm o objetivo de atuar preventivamente nas situações de insegurança social vivenciadas pelos indivíduos e famílias, garantindo acolhida, inserção, acompanhamento e encaminhamento, quando necessário. Os trabalhos de acolhimento, de atendimento social e de inclusão nos programas se aplicam a todas as famílias de Garanhuns em situação de vulnerabilidade. Porém, devido ao problema de saúde pública que o Brasil vem enfrentando, a Secretaria Municipal de Assistência Social tem dado atenção especial às crianças com suspeita ou diagnosticadas com microcefalia e suas respectivas famílias.

Ao comparecer no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de seu bairro, a família é incluída no serviço de Proteção e Atenção Integral às Famílias (Paif). A partir dessa inclusão, a equipe técnica realiza diversas ações, por meio do atendimento individual e/ou coletivo, visita domiciliar, para identificar as demandas sociais da gestante e da família como um todo. A partir disso, se constatado que a gestante não iniciou o pré-natal, o técnico a encaminha para uma unidade de saúde para que o faça e se necessário, a encaminha para outros programas da Assistência Social.

A secretária de Assistência Social de Garanhuns, Célia Sobral, fala sobre o trabalho realizado no município. “Nós sabemos que o Brasil está enfrentando uma grave emergência em saúde pública, por causa do aumento do número de casos de microcefalia, possivelmente associados ao Zika vírus. Essa situação reforça a importância de eliminar os criadouros do mosquito. Assim, além de estar promovendo ações para combater o mosquito, estamos também reforçando a atenção às gestantes e às famílias com casos de microcefalia. A saúde do País agora está em um momento delicado, e estamos juntos para dar essa assistência necessária à população”, finalizou.

Secretaria de Assistência Social acompanha famílias com casos de microcefalia


Fotos: Ruthe Santana (Secom/PMG)
Data: 02/03/2016
Atendimento à imprensa:
(87) 3762.0109

Redimensionar Fonte
Contraste