GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Mulher Primeira etapa do “Maria da Penha vai à Escola” acontece em Garanhuns

Mulher

Primeira etapa do “Maria da Penha vai à Escola” acontece em Garanhuns

Escolas da Rede Municipal de Ensino serão contempladas com a ação O projeto Maria da Penha Vai à Escola será levado para algumas escolas da Rede Municipal de Ensino de Garanhuns. Dando início à primeira etapa do projeto, foi realizada...

Publicado em

Escolas da Rede Municipal de Ensino serão contempladas com a ação

O projeto Maria da Penha Vai à Escola será levado para algumas escolas da Rede Municipal de Ensino de Garanhuns. Dando início à primeira etapa do projeto, foi realizada na manhã desta quarta-feira (15), no auditório da Secretaria de Educação, uma capacitação para os gestores e coordenadores, a fim de que eles iniciem, a partir de agosto, o trabalho em sala de aula, com temáticas que envolvem gênero, raça e etnia. Novos encontros estão previstos para os meses de maio e junho. O projeto iniciará com cinco escolas municipais, porém a proposta é envolver todas as escolas da Rede Municipal de Ensino de Garanhuns.

Na capacitação de hoje, em que participaram mais de 50 pessoas, foi ministrada uma palestra pelo psicólogo Severino Lepê. Palestrante de renome nacional, Severino engajou-se na causa, trabalhando a mobilização e conscientização de professores e gestores, para a aplicação das questões de gênero, nas salas de aula do Brasil. “Eu acredito profundamente numa reeducação estrutural. Para que serve um governo que não administra, uma mãe que não afaga, e finalmente, um homem que não se posiciona? Talvez o sentido de nossa própria existência esteja ligado justamente a um posicionamento perante o mundo como um todo. Sem egoísmo, com respeito a todos. Como disse Dione Watson, ‘a educação pode transformar a cultura, mas somente quando os educadores forem transformados’, por isso a importância dessa primeira etapa do projeto”, comentou Lepê.

O objetivo do projeto é desconstruir o comportamento violento nas relações de gênero. Levar essa proposta para as escolas é, de acordo com a secretária de Mulher de Garanhuns, Eliane Vilar, apostar fortemente na mudança comportamental, quebrando um esquema social de violência. “Trazer esses temas para dentro das salas de aula é provocar uma revolução estrutural, realizada de dentro para fora e que não exclua nada e nem ninguém de seus efeitos. É reconduzir uma proposta dialógica entre escola e sociedade, rompendo os muros e as práticas pedagógicas dissociadas da realidade que vivenciamos”, destaca a titular da pasta.

Nessa primeira etapa do projeto, serão realizadas atividades com os gestores, coordenadores e professores, para que todos abracem a causa da transformação, a partir de suas próprias reflexões. “Levando temas como esses para dentro das escolas, estamos apostando na educação como fonte transformadora da sociedade. E é necessário essa capacitação com os nossos educadores, para que eles tenham inicialmente essas atividades de reflexão e possam propor esta reavaliação junto ao corpo discente, e até mesmo, alcançando as famílias”, afirma a secretária de Educação e Esportes de Garanhuns, Janecélia Marins.

Na segunda fase, que acontecerá a partir do mês de agosto, as ações acontecerão com os pais e estudantes das instituições. O projeto é uma realização da Secretaria da Mulher de Garanhuns (Secmul), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Esportes (Seduce).

Primeira etapa do “Maria da Penha vai à Escola” acontece em Garanhuns 2 Primeira etapa do “Maria da Penha vai à Escola” acontece em Garanhuns


Texto: Ruthe Santana
Edição de texto: Cloves Teodorico
Fotos: Rita Rocha
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste