GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio AMSTT Prevenção aos acidentes de moto será intensificada em Garanhuns

AMSTT

Prevenção aos acidentes de moto será intensificada em Garanhuns

Regulamentação das motocicletas cinquentinha também está na pauta das próximas parcerias O presidente do Comitê de Prevenção aos Acidentes de Moto em Pernambuco (Cepam), João Veiga, esteve na tarde de ontem (09) em Garanhuns. Juntamente com a presidente da Autarquia Municipal...

Publicado em

Regulamentação das motocicletas cinquentinha
também está na pauta das próximas parcerias

O presidente do Comitê de Prevenção aos Acidentes de Moto em Pernambuco (Cepam), João Veiga, esteve na tarde de ontem (09) em Garanhuns. Juntamente com a presidente da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), Ana Rossini, o representante da instituição discutiu relatórios atualizados que mostram alto índice de acidentes envolvendo motos no interior do Estado. A ideia da parceria firmada é, inicialmente, mapear os 20 pontos de maior incidência de acidentes com motocicletas e, posteriormente, promover uma série de ações educativas e punitivas.

Com o crescimento da frota de veículos, a preocupação em salvar vidas tem ganhado força. Dados do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran/PE) mostram que entre os anos de 2007 e 2014 a frota de motos, em Garanhuns, subiu de 6.702 para 15.257 – sendo considerado o município do Agreste Meridional com o maior número de motos em circulação. Ainda segundo boletim do Cepam, a cada 100 habitantes, pelo menos 11 pessoas possui uma moto. Em estatística de acidentes, mais de 70% dos registros do ano de 2014 envolvem motos.

A presidente da AMSTT, Ana Rossini, destaca que contará com as parcerias da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na coleta de dados com vistas a realizar um mapeamento georeferenciado das ocorrências de trânsito com motos no município. “Nós vamos preparar um relatório que identifique os 20 locais no município com maiores incidências de acidentes e ainda a elencar nossas maiores dificuldades na implantação das ações de fiscalização e de prevenção aos acidentes de motos com ou sem vítimas. Para isso, estaremos munidos de dados atualizados de outros órgãos que também trabalham no trânsito e no atendimento de socorro às vítimas. Poderemos elaborar planos de ação e consequentemente firmar convênios e parcerias para a sua execução. Além dos órgãos já citados, a autarquia também contará com o apoio do Conselho Estadual de Trânsito e instituições não governamentais”, evidencia.

Cinquentinhas – O Cepam, que atua dando apoio às ações nos municípios pernambucanos, também tem preocupação com as cinquentinhas. A ideia da AMSTT é trabalhar, também, na regulamentação das cinquentinhas. De acordo com a autarquia, já existe uma minuta de lei para emplacamento das motonetas, como também são chamadas.

Prevenção aos acidentes de moto será intensificada em Garanhuns 2


Texto e fotos: Cloves Teodorico
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste