GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Desenvolvimento Econômico Número de microempreendedores individuais cresce 68% em Garanhuns

Desenvolvimento Econômico

Número de microempreendedores individuais cresce 68% em Garanhuns

Formalização já traz benefícios para mais de 2 mil garanhuenses A forte atração de investimentos, o incentivo e a geração de empregos em Garanhuns, no Agreste Meridional do Estado, refletiu, diretamente, desde o ano passado, no crescimento de adesões ao...

Formalização já traz benefícios para mais de 2 mil garanhuenses

A forte atração de investimentos, o incentivo e a geração de empregos em Garanhuns, no Agreste Meridional do Estado, refletiu, diretamente, desde o ano passado, no crescimento de adesões ao Microempreendedor Individual (MEI). De acordo um levantamento de dados da Prefeitura de Garanhuns, em 2013, o número de microempreendedores individuais era de 1.416. Este ano, o número ultrapassou, até o momento, a marca dos dois mil, chegando a formalizar 2.378 garanhuenses.

Em vigor desde o mês de julho de 2009, o programa do Governo Federal proporciona benefícios que colaboram no aumento do faturamento e oferecem melhor acesso à capacitações na área de atuação. O comerciante João Paulo Julião da Silva (foto), 31 anos de idade, é natural de Garanhuns e trabalha com a venda de eletrônicos há mais de 10 anos. Ele é um dos trabalhadores que buscou ajuda. “Me formalizei há exatos nove meses. Fui lá e foi tudo muito rápido, confesso que até me surpreendi com a facilidade. Tive a ajuda da Secretaria e me sinto mais seguro para uma futura aposentadoria”, comenta, satisfeito, João Paulo, que trabalha em um dos boxes do Pop Shop, no centro da cidade.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geandré Nogueira, o cenário que se constrói é positivo do ponto de vista, também, da geração de renda. Segundo ele, as pessoas estão tendo mais acesso à capacitação e o ensino técnico e buscando abrir ou aumentar seu negócio. “Estamos muito felizes com esses números, que só evidenciam o interesse da população em crescer junto. O MEI facilita a vida do trabalhador, aumenta a capacidade de empréstimos e oportuniza descontos significativos em determinadas compras”, evidencia.

A Unidade Garanhuns do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é parceira da Prefeitura desde a instalação da Sala do Empreendedor – local que atende os empreendedores. Os interessados em aderir o MEI devem procurar a sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, localizada na rua Treze de Maio, nº 34, no centro de Garanhuns, sempre das 8h às 14h. Ou também podem se dirigir à sede do Sebrae, na avenida Rui Barbosa, nº 671, bairro Heliópolis. O programa é destinado a empreendedores que faturam até R$ 5 mil ao mês ou até R$ 60 mil ao ano. A inscrição é gratuita.


Texto: Cloves Teodorico
Foto: Luanny Porto
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste