GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Desenvolvimento Econômico Novos negócios: Número de Microempreendedores Individuais cresce 24% em Garanhuns

Desenvolvimento Econômico

Novos negócios: Número de Microempreendedores Individuais cresce 24% em Garanhuns

Em 2014, o número de MEI’s era de 2.350. Este ano, até o momento, 2.915 garanhuenses se formalizaram De acordo com dados levantados pela Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), em relação à adesão ao...

Publicado em

Em 2014, o número de MEI’s era de 2.350. Este ano, até o momento,
2.915 garanhuenses se formalizaram

De acordo com dados levantados pela Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), em relação à adesão ao programa do Governo Federal, o Microempreendedor Individual (MEI), o número de microempreendedores na cidade passou de 2.350, em 2014, para 2.915 até o momento. Um aumento superior a 24%, que mostra um perfil de garanhuenses interessados em abrir e formalizar o seu próprio negócio.

O MEI José Carlos Carvalho de Araújo, de 50 anos de idade, trabalha no ramo de importados desde 1998 e se formalizou no ano de 2013. O microempreendedor conta que, desde então, passou a ter maiores benefícios com a adesão. “Depois que me formalizei, passei a comprar e vender com notas fiscais e, contribuindo com o INSS, posso ter direito a minha aposentadoria no futuro”, registra o comerciante do Pop Shop.

Microempreendedor Individual (MEI) – é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Para ser um microempreendedor individual, é necessário faturar no máximo até R$ 5 mil ao mês ou até R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. O microempresário pode ter até um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria. O microempreendedor individual, além de ter seu registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o mesmo tem acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença e aposentadoria.

Os interessados em aderir ao MEI devem procurar a sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, das 8h às 14h, – localizada na rua Treze de Maio, nº 34, centro -, ou se dirigir à sede do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), na avenida Rui Barbosa, nº 671, bairro Heliópolis. A inscrição é gratuita.

Novos negócios Número de Microempreendedores Individuais cresce 24% em Garanhuns


Texto e fotos: Samara Pontes – Com informações do Portal do Empreendedor
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste