GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Assistência Social e Direitos Humanos Idosos participam de manhã de exercícios físicos no Cras do bairro Boa Vista

Assistência Social e Direitos Humanos

Idosos participam de manhã de exercícios físicos no Cras do bairro Boa Vista

Ação faz parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos por DANIELA BATISTA e GABRIELA RAMOS Os idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Centro de...

Publicado em

Ação faz parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)
da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos

por DANIELA BATISTA e GABRIELA RAMOS

Os idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do bairro Boa Vista, em Garanhuns, participaram, na manhã desta terça-feira (17), de uma aula de exercícios laborais, orientada pelo professor Rodrigo da Silva. As atividades do Cras são inseridas dentro da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos e atendem gratuitamente a cerca de 40 idosos, dois dias por semana.

A titular da pasta, Célia Sobral, explica a importância de proporcionar atividades para pessoas idosas. “É importante que eles participem. Essas atividades elevam a autoestima e ainda proporcionam uma melhoria na saúde física e mental”, comenta. A informação é reiterada pela dona de casa Rosália Olindina, de 67 anos, que entrou nas aulas através de uma colega. “Ela estava fazendo e me chamou para vir. Até hoje estou aqui me exercitando. A gente se acostuma e quando eu não venho, fico doente. As dores que eu tinha nas pernas acabaram depois que eu comecei a me exercitar”, comenta.

“São movimentos simples, mas essenciais para o dia a dia. Além dos exercícios físicos, nós também trabalhamos a mente, através de atividades que estimulam o cérebro. Já houve um caso de uma aluna que chegou aqui quase sem andar e depois dos exercícios conseguiu se movimentar e levar uma rotina normal. É muito gratificante trabalhar com o ser humano”, relatou o instrutor Rodrigo da Silva.

Idosos Cras - Daniela Batista - 17_01_17 (2) Idosos Cras - Daniela Batista - 17_01_17 (1) Idosos Cras - Daniela Batista - 17_01_17 (3)


Fotos: Daniela Batista – Secom/PMG
Data: 18/01/2017
Atendimento à imprensa:
(87) 3762.0109

Redimensionar Fonte
Contraste