GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Desenvolvimento Econômico Hack a City: Coordenadores nacionais vêm a Garanhuns promover evento na próxima segunda (22)

Desenvolvimento Econômico

Hack a City: Coordenadores nacionais vêm a Garanhuns promover evento na próxima segunda (22)

Maratona internacional de tecnologia será realizada no município de 02 a 04 de junho por AQUILLES SOARES 19 de maio de 2017 Garanhuns receberá na próxima segunda (22) e terça-feira (23) o vice-presidente, Cláudio Nascimento e o gestor de tecnologias...

Publicado em

Maratona internacional de tecnologia será realizada no município de 02 a 04 de junho

por AQUILLES SOARES

19 de maio de 2017

Garanhuns receberá na próxima segunda (22) e terça-feira (23) o vice-presidente, Cláudio Nascimento e o gestor de tecnologias cívicas, Francisco Fabiano, ambos da Rede Brasileira de Cidades Inteligentes (RBCIH) e coordenadores nacionais do Hack a City, evento internacional de tecnologia que será realizado no município de 02 a 04 de junho. Durante a visita, os representantes vão visitar instituições municipais com o objetivo de esclarecer dúvidas sobre a iniciativa realizada pela Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Gerência de Tecnologia da Informação, em parceria com a Prefeitura do Porto e entidades públicas e privadas.

Na segunda, às 19h, o primeiro local a ser visitado será a Autarquia Municipal de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga); logo em seguida, será a vez da Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Garanhuns (UFRPE – UAG), às 20h15. Já na terça-feira, a partir das 09h, o encontro é na Câmara Municipal de Vereadores, de onde os organizadores seguem às 10h30, para apresentar o evento na Universidade de Pernambuco (UPE).

Hack a City – Criado em Portugal, em 2015, o Hack a City foi expandido internacionalmente em 2016 com a participação da Espanha, Holanda e Brasil. A entrada de Garanhuns neste circuito de cidades só foi possível este ano, numa articulação por intermédio da Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas.

Imagem: Divulgação

Redimensionar Fonte
Contraste