GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio AMSTT Guarda Municipal de Garanhuns passará a registrar boletins de ocorrência

AMSTT

Guarda Municipal de Garanhuns passará a registrar boletins de ocorrência

Serviço é válido a partir da próxima segunda (18), para ocorrências envolvendo acidentes de trânsito por AQUILLES SOARES com informações da AMSTT 11 de junho de 2018 A Guarda Municipal de Garanhuns passará a realizar o preenchimento e registro de...

Publicado em

Serviço é válido a partir da próxima segunda (18), para ocorrências envolvendo acidentes de trânsito

por AQUILLES SOARES
com informações da AMSTT
11 de junho de 2018

A Guarda Municipal de Garanhuns passará a realizar o preenchimento e registro de boletins de ocorrência. A nova iniciativa da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) irá beneficiar os moradores do município, que terão uma maior facilidade no serviço de elaboração de boletins de ocorrência envolvendo acidentes de trânsito a partir da próxima segunda-feira (18).

Anteriormente, a população poderia solicitar o serviço apenas ao efetivo da Polícia Militar. A medida é válida para todos os tipos de acidentes de trânsito, envolvendo, ou não vítimas. E para isso, os profissionais estarão atuando em regime de plantão 24h.

A ferramenta vai auxiliar também no trabalho de outros órgãos como Polícia Militar e Civil, que poderão solicitar todos os dados registrados no banco de dados da Autarquia. A solicitação pode ser feita por telefone, por meio do número da sede da AMSTT, que é o (87) 3762-3967, ou no número da sede da Guarda Municipal (87) 3762-7097.

De acordo com o presidente da AMSTT, Elielson Pereira, a disponibilização do serviço é de grande importância para o município. “É mais um atendimento que buscamos prestar para população, no intuito de dar mais agilidade à produção dos boletins de ocorrência e de liberar os profissionais de polícia para que possam executar com maior tranquilidade o seu trabalho”, declarou.

Foto: Arquivo – (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste