GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Defesa Civil Governo Municipal decreta situação de emergência em Garanhuns

Defesa Civil

Governo Municipal decreta situação de emergência em Garanhuns

Medida é adotada em virtude do longo período de chuvas e de suas consequências no município por AQUILLES SOARES 18 de julho de 2017 O Governo Municipal de Garanhuns decretou nesta terça-feira (18), situação de emergência na área urbana e...

Publicado em

Medida é adotada em virtude do longo período de chuvas e de suas consequências no município

por AQUILLES SOARES

18 de julho de 2017

O Governo Municipal de Garanhuns decretou nesta terça-feira (18), situação de emergência na área urbana e em parte da área rural do município, levando em consideração as altas precipitações pluviométricas que caíram na cidade durante os meses de junho e julho. O decreto nº 039/2017, assinado pelo prefeito Izaías Régis, entra em vigor a partir da data de sua publicação e tem validade de 180 dias, autorizando a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem de acordo com as recomendações da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec).

Entre as consequências dos altos índices registrados, estão a destruição de estradas, pontes, açudes, barragens e aparecimento de erosões em áreas de risco, e que ainda não puderam ser recuperados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente. Além do desabamento de várias casas na zona urbana, e o comprometimento na estrutura de outras, o que ocasionou na interdição e retiradas das pessoas que residiam nestes locais.

Ainda em virtude dos eventos meteorológicos, professores e alunos encontraram dificuldades de acesso às escolas da área rural, e acabaram tendo seu calendário letivo prejudicado.  A continuidade das chuvas é um dos principais fatores para que haja a permanência do caráter emergencial nas áreas atingidas.

O decreto tem o intuito de promover o bem-estar da população e das atividades socioeconômicos de todas as regiões atingidas por eventos adversos, bem como, providenciar a adoção de medidas necessárias para minimizar a situação. Os órgãos municipais, integrados com a Defesa Civil, estão autorizados a atuar nas ações de resposta e reabilitação do cenário, facilitando também a assistência à população afetada pelas chuvas.

Foto: Reprodução Internet

Redimensionar Fonte
Contraste