GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente Garanhuns ultrapassa em 50% a média nacional de produtividade da pitaya

Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente

Garanhuns ultrapassa em 50% a média nacional de produtividade da pitaya

Fruto encanta os olhos e o paladar dos garanhuenses A colheita de pitaya – planta da família das cactáceas -, este ano, em Garanhuns, está superando expectativas. De acordo com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento já foram colhidos 1500kg....

Publicado em

Fruto encanta os olhos e o paladar dos garanhuenses

A colheita de pitaya – planta da família das cactáceas -, este ano, em Garanhuns, está superando expectativas. De acordo com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento já foram colhidos 1500kg. Até o final da safra, mais 2000kg devem ser colhidos, totalizando 3500kg. O plantio do fruto teve início em 2011, com mudas trazidas do estado de São Paulo. Fatores como clima e solo colaboram para o crescimento na produção.

De acordo com o produtor João Almeida, no próximo ano, a produção deve chegar a oito toneladas, em decorrência da idade das plantas e também do início da produção de mais 610 mudas. “Daqui a uns dois anos a produção deve chegar a 14 toneladas”, adiantou o produtor.

Segundo o secretário de Agricultura e Abastecimento de Garanhuns, Epaminondas Borges Filho, a pitaya produzida no município apresenta uma excelente qualidade, tanto no tamanho dos frutos quanto no sabor. “Em São Paulo, a produtividade é em torno de uma tonelada para cada 100 plantas. Aqui, em Garanhuns, a produtividade está girando em torno de 1,5 toneladas para cada 100 plantas, ou seja, uma produtividade 50% maior”, destaca o titular da pasta.

A pitaya é encontrada, naturalmente, nos habitats sombreados das florestas tropicais do México. As brácteas externas da fruta lembram as escamas de um dragão, sendo conhecida também como “dragon fruit”, isto é, “fruta do dragão”. No Brasil, existem pequenas áreas de produção situadas, principalmente, nos estados do Ceará, na região nordeste, e de São Paulo, sudeste do país. Em Pernambuco, ela era produzida apenas em Petrolina, passando, também, a ser produzida em Garanhuns.

Garanhuns ultrapassa em 50% a média nacional de produtividade da pitaya 3 Garanhuns ultrapassa em 50% a média nacional de produtividade da pitaya 2


Texto: Cloves Teodorico
Fotos: Arquivo Secom
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste