GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Mulher Garanhuns recebe encontro com mulheres de todo o Estado

Mulher

Garanhuns recebe encontro com mulheres de todo o Estado

Secretaria da Mulher de Garanhuns participa ativamente do evento O IV Encontro Estadual de Educadoras e Recreadoras Sociopolíticas Rurais será realizado em Garanhuns. O evento acontecerá no Hotel Tavares Correia, a partir de amanhã (14), e reunirá cerca de 300...

Secretaria da Mulher de Garanhuns participa ativamente do evento

O IV Encontro Estadual de Educadoras e Recreadoras Sociopolíticas Rurais será realizado em Garanhuns. O evento acontecerá no Hotel Tavares Correia, a partir de amanhã (14), e reunirá cerca de 300 recreadoras e educadoras de todo o estado, que fazem parte do Programa Chapéu de Palha. O encontro tem como objetivo fortalecer o processo formativo das mulheres envolvidas na Rede de Agentes de Políticas Públicas para Mulheres Rurais de Pernambuco e segue até o dia 17 de outubro.

Promovido pela Secretaria da Mulher do Estado, inicialmente, será realizado um treinamento com as mulheres e posteriormente uma roda de diálogos, onde serão colocadas as experiências de cada região que participará do encontro. A secretária da Mulher de Garanhuns, Eliane Vilar, fala sobre o evento. “Será realmente de grande peso para o nosso município sediar um evento como esse. Eu, particularmente, estou muito grata por estar fazendo parte deste momento de discussões tão expressivas e enriquecedoras”, comentou.

Sobre o programa: O “Chapéu de Palha” foi criado em 1988, como uma alternativa de apoio aos trabalhadores rurais da cana-de-açúcar frente aos desafios causados pelo desemprego, gerado durante o período da entressafra, estão incluídos também, trabalhadores da fruticultura irrigada e pescadores. A Secretaria da Mulher investe na construção das bases, para uma nova condição de gênero e autonomia econômica para as trabalhadoras assalariadas temporárias, durante o período de sazonalidades de cana-de-açúcar, da fruticultura irrigada e pesca artesanal. Além do auxílio financeiro que é disponibilizado, o programa promoveu cursos de alfabetização e de capacitação nas áreas de saúde preventiva, meio ambiente, geração de renda e cidadania, além de atividades relacionadas à prevenção do meio ambiente.


 

Texto: Ruthe Santana
Imagem: Divulgação 
Edição de texto: Cloves Teodorico
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste