GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Assistência Social e Direitos Humanos Garanhuns oferece geração de renda por meio de profissionalização

Assistência Social e Direitos Humanos

Garanhuns oferece geração de renda por meio de profissionalização

Curso de Bolos e Tortas foi desenvolvido durante esta semana no Cras Bela Vista por RUTHE SANTANA Constantemente são oferecidos nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras’s) de Garanhuns, no Agreste Meridional do Estado, cursos profissionalizantes. Desta vez, são...

Publicado em

Curso de Bolos e Tortas foi desenvolvido durante esta semana no Cras Bela Vista

por RUTHE SANTANA

Constantemente são oferecidos nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras’s) de Garanhuns, no Agreste Meridional do Estado, cursos profissionalizantes. Desta vez, são as mulheres vinculadas ao Cras Bela Vista que estão tendo a oportunidade de participar do Curso de Bolos e Tortas, promovido na unidade, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). A capacitação iniciou na última segunda-feira (03) e foi encerrada hoje (07), sendo ministrada sempre das 8h às 17h.

O curso foi desenvolvido em três etapas. Primeiro, foi trabalhado com as participantes a produção de bolos regionais, com as frutas da nossa região, e, posteriormente, as tortas doces e as tortas salgadas. “Além dos bolos e das tortas, elas também estão aprendendo a fazer salgadinhos de festa. E nós damos também uma colherzinha de chá trabalhando na questão das decorações dessas tortas, para que o cliente seja motivado a comprar as tortas através do que eles verão, pela apresentação do produto, que sempre primamos por isso”, comentou a instrutora do curso, Maria José.

A coordenadora do Cras Bela Vista, Ana Angélica, explica os resultados do curso. “Em tão pouco tempo, já conseguimos perceber o crescimento profissional das participantes dessa qualificação. Além da aprendizagem em si que está sendo muito boa, elas já estão com mil ideias na cabeça para dar continuidade ao que estão adquirindo aqui. Isso nos deixa muito felizes, pois sabemos que a partir dessa produção, além da geração de renda que estará sendo implementada a uma família, essas mulheres estarão com maior auto estima e mais confiantes em si”, afirmou Angélica.

68efa910-0280-474c-b32d-77b04d330667

aa3419be-df3f-4e92-9eb4-bb7d6f3f16ea

Fotos: Ruthe Santana – Secom/PMG
Data: 07/10/2016
Atendimento à imprensa:
(87) 3762.0109

Redimensionar Fonte
Contraste