Garanhuns lança diretrizes para trabalho sobre as temáticas étnico-raciais nas escolas municipais

publicado: 10/05/2024 13h09,
última modificação: 10/05/2024 13h09

Garanhuns deu mais um passo para o fortalecimento da cultura e identidade das comunidades quilombolas e do campo. A Secretaria Municipal de Educação lançou a Instrução Normativa 003/2024, que regulamenta as diretrizes operacionais e pedagógicas que as escolas municipais devem seguir para abordar as temáticas afro-brasileira, africanas e dos povos indígenas.

O documento foi apresentado durante a primeira formação de 2024 do projeto “Entre histórias e memórias: a identidade do lugar onde estou”, que foi iniciado em 2023. Gestores e responsáveis por escolas do campo e quilombolas da Rede Municipal de Garanhuns participaram do encontro e discutiram atividades que devem ser realizadas até o mês de dezembro nas unidades de ensino.

“Esse documento é de grande importância para Rede Municipal, uma vez que vai trazer o direito à igualdade e equidade e todo esse trabalho de valorização da identidade dessas escolas, sejam na sede, no campo ou comunidades quilombolas. É um trabalho desde à primeira infância nas creches até a Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, explicou Carlos Barros, diretor de Ensino.

O município conta com 15 escolas no campo e 5 unidades de ensino localizadas em comunidades quilombolas. “O projeto trouxe cuidado e autoestima para as comunidades que perceberam o quanto são ricas e cheias de conhecimento. Isso veio de forma grandiosa”, afirmou Kauely Almeida, gestora do Centro de Educação Infantil Maria Vicente, localizada no Distrito de São Pedro.

Com a instrução será possível realizar planejamento, execução e avaliação do trabalho pedagógico das unidades de escolares. As Orientações Pedagógicas e Diretrizes Operacionais estão pautadas pelos princípios da justiça social, da equidade, do pluralismo, da diversidade e da educação antirracista que promovam conhecimentos, atitudes e valores para uma sociedade com igualdade de oportunidades.

Fotos: Vinicius Vilela