GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Educação Estudantes vivenciam novas experiências na Semana da Pessoa com Deficiência

Educação

Estudantes vivenciam novas experiências na Semana da Pessoa com Deficiência

O objetivo principal da mobilização é sensibilizar e conscientizar a sociedade e os órgãos públicos e privados sobre os direitos das pessoas com deficiência por RUTHE SANTANA Em alusão à Semana Estadual da Pessoa com Deficiência, o município de Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco...

Publicado em

O objetivo principal da mobilização é sensibilizar e conscientizar a sociedade
e os órgãos públicos e privados sobre os direitos das pessoas com deficiência

por RUTHE SANTANA

Em alusão à Semana Estadual da Pessoa com Deficiência, o município de Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco está promovendo diversas atividades de conscientização à população. Durante esta semana, vários estudantes visitaram o Centro de Apoio Pedagógico (CAP), que atende pessoas com deficiência visual. O objetivo principal da mobilização é sensibilizar e conscientizar a sociedade e os órgãos públicos e privados sobre os direitos das pessoas com deficiência, especialmente o direito à cidadania.

Na manhã dessa quinta-feira (25), aproximadamente 30 estudantes do Instituto Presbiteriano de Heliópolis (IPH) estiveram no CAP conhecendo as experiências de vida das pessoas com deficiência visual. “Isso acrescenta ao conhecimento deles a forma de vivência e convivência das pessoas com deficiência. A experiência é riquíssima, a importância é imensurável, porque nós podemos ver em nossos estudantes um olhar diferenciado para as pessoas com deficiência. Aquele olhar discriminatório, aquele olhar da incapacidade fica para trás”, afirmou a coordenadora pedagógica da instituição, Laudenice Oliveira.

Na escola, os estudantes já estavam inseridos em diversas atividades do projeto intitulado “Igualdade e Oportunidade para Todos”. Na ocasião, os estudantes também tiveram a oportunidade de conhecer a galeria Mãos que Veem, que é composta por mais de 90 obras com sentidos variados, direcionadas as pessoas com deficiência visual. Para as pessoas que enxergam, ao chegar ao local, seus olhos são vendados para que tenham a mesma sensação das pessoas que possuem deficiência visual e possam, com essa experiência, adquirir lições de vida.


Foto: Ruthe Santana – Secom/PMG
Data: 26/08/2016
Atendimento à imprensa:
(87) 3762.0109

Redimensionar Fonte
Contraste