GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente Cerca de 4 mil mudas estão sendo plantadas no Parque Euclides Dourado

Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente

Cerca de 4 mil mudas estão sendo plantadas no Parque Euclides Dourado

Vinte espécies, entre árvores, arbustos e herbáceas irão embelezar o atrativo turístico A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Garanhuns está executando um projeto de paisagismo no Parque Euclides Dourado. Criado com o objetivo de revitalizar algumas áreas do atrativo...

Vinte espécies, entre árvores, arbustos e herbáceas irão embelezar o atrativo turístico

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Garanhuns está executando um projeto de paisagismo no Parque Euclides Dourado. Criado com o objetivo de revitalizar algumas áreas do atrativo turístico, o projeto contempla uma nova proposta de integração dos espaços, incluindo o plantio de cerca de 4 mil mudas de plantas entre árvores, arbustos e herbáceas. Além disso, foram instalados 800 metros de canos e 20 torneiras para irrigar as plantas no verão. A previsão é que até o fim do mês de setembro, o plantio das 20 espécies, nessa primeira fase, seja finalizado.

De acordo com o secretário responsável, Epaminondas Borges Filho, estão sendo plantadas tanto espécies de sol quanto espécies que se desenvolvem em meia sombra. “Essa inclusão proporciona bem-estar para quem utiliza o espaço. As plantas vão dar uma nova vida e cor ao parque, além de atrair pássaros e borboletas. Também estamos fazendo com que os espaços se unam por meio dos jardins. Existiam muitos locais projetados pra jardim que foram preenchidos com brita, e essa realidade já está mudando”, comenta.

Além da implantação do projeto paisagístico no Parque Euclides Dourado estão sendo adotadas práticas adequadas de manejo do solo. Nesse sentido, as folhas e as cascas dos eucaliptos que caem no chão, nos espaços entre a pista de cooper, não serão mais retirados. O objetivo dessa mudança é aumentar o teor de matéria orgânica no solo, maior retenção de água, fornecer nutrientes que serão absorvidos pelas raízes e deixar o espaço mais natural e ambientalmente correto.

A professora aposentada Eliene Cavalcante Fausto, de 55 anos de idade, frequenta o parque diariamente. Para ela, ver a transformação dos elementos que integram a natureza é um incentivo para visitar o Euclides Dourado. “Todos os dias vir aqui é uma terapia. Acho importante essa gestão ter visto a necessidade de cuidar desse patrimônio. Eu achei muito lindo, está ficando uma maravilha”, completou.


Texto: Cloves Teodorico
Fotos: Luanny Porto
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste