GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Assistência Social e Direitos Humanos Campanha de prevenção à violência sexual e uso de drogas é promovida na semana pré-carnavalesca

Assistência Social e Direitos Humanos

Campanha de prevenção à violência sexual e uso de drogas é promovida na semana pré-carnavalesca

Panfletagem e blitz educativa de conscientização sobre doenças sexualmente transmissíveis, uso de álcool, drogas e exploração sexual seguem até amanhã (12) O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social...

Panfletagem e blitz educativa de conscientização sobre doenças sexualmente transmissíveis, uso de álcool, drogas e exploração sexual seguem até amanhã (12)

O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), está promovendo na cidade a campanha de prevenção das situações de violência durante o carnaval. A ação de panfletagem e blitz educativa teve início na última segunda-feira (09) e segue até amanhã (12), quando a equipe da pasta estará com uma ala no “Bloco da Saúde” – ação da Secretaria de Saúde que desfila pelas principais avenidas de Garanhuns.

“A campanha preventiva tem o objetivo de levar informações à população sobre as doenças sexualmente transmissíveis, o uso de álcool e drogas, além da exploração sexual de crianças e adolescentes. Nós queremos sensibilizar o maior número de pessoas preparando-as sobre essas questões, principalmente para o período de carnaval, quando a incidência desses casos geralmente aumenta”, enfatiza a secretária de Assistência Social, Célia Sobral.

Conselho Tutelar – O Conselho Tutelar de Garanhuns estará trabalhando em regime de plantão durante o Garanhuns Jazz Festival (GJF). Ocorrências do tipo violência familiar ou a integridade física da criança por qualquer pessoa devem ser, primeiramente, comunicadas a Polícia Militar, que, dependendo do caso, encaminhará ao Conselho Tutelar para aplicação das medidas de proteção pertinentes.

Em casos de trabalho infantil, entre outras situações que violem os direitos dos adolescentes, a população também pode ajudar colhendo informações sobre as crianças – como endereço, nome completo, nomes dos pais -, e encaminhar posteriormente a instituição. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone (87) 8137 2394.Campanha de prevenção à violência sexual e uso de drogas é promovida na semana pré-carnavalesca


Texto: Samara Pontes
Fotos: Divulgação
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste