GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio AESGA Aesga é o maior polo de formação cultural do 24º Festival de Inverno de Garanhuns

AESGA

Aesga é o maior polo de formação cultural do 24º Festival de Inverno de Garanhuns

O despertar para as joias artesanais” é um dos destaques entre as diversas oficinas gratuitas oferecidas O Festival de Inverno também oferece opções de formação cultural. As ações que estão sendo realizadas na Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga)...

Publicado em

O despertar para as joias artesanais” é um dos destaques
entre as diversas oficinas gratuitas oferecidas

O Festival de Inverno também oferece opções de formação cultural. As ações que estão sendo realizadas na Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) tiveram início na segunda-feira (21) e seguem até a próxima sexta-feira (25). As oficinas oferecidas na unidade contemplam as áreas de artes cênicas, música, artes visuais, artesanato, literatura, cultura popular, e outras, além de workshops. As aulas são distribuídas entre os turnos da manhã e da tarde.

A Aesga abriga o maior número de oficinas e workshops no FIG. São mais de 20 ações realizadas no espaço. Uma dessas iniciativas é a oficina “O despertar para as joias artesanais”. As aulas acontecem das 14h às 18h. Alunos de Garanhuns e de outras cidades participam do momento que mostra a riqueza e a valorização desse tipo de trabalho. Vilma Rodrigues, de 47 anos, é natural de Santos (SP), mas mora em Garanhuns há oito anos. Há sete, participa de oficinas no Festival. “A maioria dos momentos que participei foram ligados à fotografia, esse ano quis inovar e estou adorando. Essas formações que acontecem durante o evento são uma forma de abrir a mente das pessoas. Muita coisa já mudou na minha vida com esses aprendizados”, contou.

O facilitador do curso é o mestre Nivaldo Jorge. Natural de Recife, é artesão há 33 anos e já apresentou essa oficina em quatro edições do Festival. “O objetivo dessa formação é mostrar aos alunos a importância do trabalho manual. Nosso intuito é lutar para que essa arte não se perca dando lugar a forma industrial de produzir joias. Esse jeito de fazer é muito mais precioso e dessa maneira nós estamos valorizando o artista, a mão de quem produz”, ressaltou o mestre.

O curso ensina a produzir alianças de prata. Segundo Nivaldo, esse é o primeiro processo para a fabricação de joias artesanais. Ao final das instruções, os alunos ganham um par de alianças que são produzidas por eles mesmos. Na sexta-feira (25), todas as joias serão expostas, durante toda a tarde, no Pavilhão de Artesanato instalado no Parque Euclides Dourado. Após isso, os alunos receberão os certificados de conclusão.

AESGA É O MAIOR POLO DE FORMAÇÃO CULTURAL DO 24º FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS 3

AESGA É O MAIOR POLO DE FORMAÇÃO CULTURAL DO 24º FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS 2


Texto e fotos: Samara Pontes
Edição de texto: Cloves Teodorico
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109
Secom/PMG

Redimensionar Fonte
Contraste