GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio AMSTT Ação itinerante discutirá segurança pública em 10 comunidades de Garanhuns

AMSTT

Ação itinerante discutirá segurança pública em 10 comunidades de Garanhuns

Proposta é que a cada semana um local receba o fórum comunitário Inicia amanhã (18), em Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco, uma série de fóruns comunitários que têm o objetivo principal de discutir, junto à população, questões relacionadas à...

Publicado em

Proposta é que a cada semana um local receba o fórum comunitário

Inicia amanhã (18), em Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco, uma série de fóruns comunitários que têm o objetivo principal de discutir, junto à população, questões relacionadas à Segurança Pública. Ao todo, 10 localidades receberão a ação itinerante – polos escolhidos por conta de risco social pelo 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), comandado pelo tenente-coronel João Emmanuel Leite. Nesta quarta-feira, a comunidade Manoel Chéu é quem recebe a caravana. O encontro começa às 19h30min, em frente à Associação de Moradores, localizada na rua Oscar Francisco.

A ação conjunta é resultado da parceria entre a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) e a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). Também participarão outros órgãos que integram o Sistema de Segurança e Justiça:  Polícia Civil do Estado (PCPE), Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar (CBMPE), poder Judiciário e o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), bem como representantes dos poderes Executivo e Legislativo municipais.

De acordo com a presidente da AMSTT, Ana Rossini, a iniciativa servirá, também, para compreender as causas da violência nos pontos de maior incidência de crimes e identificar as necessidades urgentes de cada comunidade. “Nós vamos ouvir as comunidades e articular ações multissetoriais que venham impactar na prevenção à violência e ao uso de drogas de acordo com as demandas locais. Vamos dialogar com a população para que haja um esforço conjunto entre as instituições públicas e a sociedade civil por meio do desenvolvimento das políticas públicas, não apenas de segurança pública, mas também de outras áreas como infraestrutura, educação, juventude, assistência social, mulher, dentre outras.  É muito positiva essa iniciativa considerando a amplitude que os fóruns alcançarão”, destaca a titular da pasta.

A Polícia Militar, um dos órgãos que está à frente, informou que a ideia é que os encontros sejam uma vez por semana. “Nossa expectativa é que possamos concluir esse cronograma em dois meses e meio e assim possamos, em seguida, atuar de forma direta com a necessidade de cada lugar por meio de um plano de ação”, pontua o tenente-coronel do 9º BPM, João Emmanuel Leite.

Os eventos também servirão para sensibilizar a população quanto a importância da participação social na política de prevenção à violência, culminando na formação do Conselho Municipal de Segurança Pública Comunitária.


Texto: Cloves Teodorico
Foto: Divulgação
Informações para a imprensa:
(87) 3762.0109 (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste