GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Assistência Social e Direitos Humanos ​Combate à violência sexual é intensificado em Garanhuns

Assistência Social e Direitos Humanos

​Combate à violência sexual é intensificado em Garanhuns

Na manhã desta quarta-feira (18) foi realizada uma blitz educativa em frente à sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF) por RUTHE SANTANA No dia 18 de maio é vivenciado, em todo o Brasil, o Dia de Combate ao Abuso e...

Publicado em

Na manhã desta quarta-feira (18) foi realizada uma blitz educativa em frente à sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF)

por RUTHE SANTANA

No dia 18 de maio é vivenciado, em todo o Brasil, o Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a partir da aprovação da Lei Federal n° 9.970/2000.  Em Garanhuns, as ações em alusão a esta data estão acontecendo desde a última segunda-feira (16). Hoje (18), no dia de mobilização nacional, a Secretaria de Assistência Social realizou uma blitz educativa em frente da sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF), às margens da BR 423. As ações seguirão até sexta-feira (20).

Na ocasião, os motoristas que passavam pelo local foram abordados inicialmente por um policial e logo uma equipe técnica da Secretaria de Assistência Social se aproximava a fim de oferecer orientações sobre o combate à exploração sexual infantil. Durante a realização da blitz, foram distribuídos panfletos, folders, porta-lixo e adesivos para carros. A ação foi realizada por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), com o objetivo de mobilizar a sociedade e convocá-la para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais das crianças e dos adolescentes.

De acordo com a gerente de Proteção Social Especial, Gleslayne Lima, a prevenção é a melhor maneira de combater a violência sexual contra crianças e adolescentes. “O melhor a se fazer é prevenir. É necessário um trabalho informativo junto aos pais e responsáveis, promover a sensibilização da população em geral e dos profissionais das diversas áreas, além da identificação de crianças e adolescentes em situação de risco e acompanhamento da vítima e do agressor”, comentou. Com esse intuito, diversas palestras foram e estão sendo realizadas nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) para debater o tema.

Ainda incluída nessa programação da semana, amanhã (19) pela manhã, as crianças e adolescentes que participam do Projeto Floreando realizarão uma caminhada na comunidade Massaranduba. No período da tarde, será realizada, no Cras Magano, uma palestra sobre o tema. Para encerrar as atividades da semana, na manhã da sexta-feira (20), uma palestra será realizada no Cras Bela Vista. No período da tarde, o tema será discutido no Cras Heliópolis.

IMG_1408 IMG_1403 IMG_1399 IMG_1411


 Fotos: Ruthe Santana – Secom/PMG​
Data: 18/05/2016
Atendimento à Imprensa:
(87) 3762.0109

Redimensionar Fonte
Contraste