Sistema de Gestão Alimentar Magaly beneficia mais de 18 mil alunos da Rede Municipal de Garanhuns


Programa otimiza distribuição e controle de merendas nas escolas  

06 de setembro de 2019

A Secretaria Municipal de Educação lançou hoje (06), oficialmente, o Sistema de Gestão Alimentar Magaly, desenvolvido exclusivamente pelos servidores e estagiários do setor de Tecnologia da Informação da pasta. O sistema irá facilitar o controle e distribuição de merendas para os mais de 18 mil estudantes da rede. A concepção do programa recebeu o apoio da Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Garanhuns (UFRPE/UAG). 

A secretária de Educação, Eliane Vilar, comentou sobre o lançamento do projeto. “A implementação do Sistema Magaly vem para somar à Gerência de Alimentação Escolar, porque ele é um programa completo e feito para as nossas necessidades específicas. Toda a população de Garanhuns será beneficiada, já que os 18 mil alunos fazem parte das famílias do município. Os valores nutricionais da merenda poderão ser verificados com muito mais qualidade. Quero parabenizar os criadores deste projeto, que colocaram tanta dedicação para beneficiar a nossa rede”, comentou a gestora da pasta. 

Entre as funcionalidades do programa, estão as categorias de Fornecedor; Contrato; Escola; Distribuição; Refeição; Cardápio e Controle de Estoque. O Sistema Magaly foi trabalhado por quatro meses pelos desenvolvedores, Alana Tenório, Danillo Moraes e José Otávio de Souza, sob a orientação do supervisor de Sistema da Informação, Erlan Douglas, e apoio de todo o setor da pasta.

De acordo com uma das desenvolvedoras, Alana Tenório, ele pode ser manuseado em computadores ou celulares, trazendo mais agilidade no controle dos alimentos. “Consideramos o Magaly como o ponto de partida para diversos sistemas que têm o potencial de beneficiar a Secretaria de Educação e o município. O sistema foi desenvolvido de maneira a comportar a criação de módulos das mais diversas áreas. Após a implantação do módulo inicial da merenda, o objetivo é iniciar a expansão para que as escolas também possuam esse acesso”, comentou.

Segundo a nutricionista do setor de Gerência de Alimentação Escolar, Graziele Édila, o Sistema Magaly vai possibilitar uma ampliação do acompanhamento das dietas dos alunos. “A partir da implantação deste sistema, vamos conseguir otimizar o nosso trabalho e estaremos mais tempo nas escolas, com a realização de ações continuadas de segurança alimentar, como o acompanhamento do hábito nutricional dos alunos, para que a gente possa trazer a mudança do hábito não só dos estudantes, mas da comunidade escolar como um todo”, finalizou.   

Assessoria de Comunicação Social e Imprensa — (ACSI)

Texto: Daniela Batista — (Secom/PMG)

Fotos: Daniela Batista — (Secom/PMG)

Atendimento à imprensa: (87) 3762-0109