Profissionais da saúde são capacitados em recepção de residentes

publicado: 23/03/2017 10h38,
última modificação: 23/03/2017 10h38

O objetivo do curso de preceptoria é qualificar os servidores que atuam no SUS

por AQUILLES SOARES

Teve início nesta quarta-feira (22), um curso de capacitação em preceptoria para profissionais que atuam em diversas áreas da saúde em Garanhuns. O momento acontece por meio de uma parceria do Hospital Sírio-Libanês (HSL), com a Universidade de Pernambuco (UPE), Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES) e a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). O objetivo da capacitação é qualificar os profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS), para que promovam uma melhor formação profissional dentro das residências, e, por conseguinte melhorar os cuidados de saúde oferecidos à população.

Cerca de 40 profissionais do Governo Municipal e da SES, além de professores da UPE, serão capacitados até a próxima sexta-feira (24), por meio dos facilitadores e representantes do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libânes, Robervan Pedrosa e Cinara Almeida. “Escolhemos Garanhuns para realizar duas estratégias, uma de preceptoria médica e outra para os demais profissionais de saúde. Então, estes receberão estudantes e residentes, e estão se especializando em preceptoria no sentido de qualificação voltada para o SUS; para assim atender às demandas de saúde da população brasileira”, declarou Robervan.

A iniciativa está voltada para a transferência de tecnologia educacional entre os seus participantes, com vistas à produção de movimentos multiplicadores na formação e capacitação, como um fator crítico na integração de ensino-serviço e no desenvolvimento do SUS. “Eu acho essa ação muito relevante, pois já temos um vínculo em receber alunos de diversos órgãos. A capacitação nos orientará a ter um olhar diferenciado dentro desse processo”, afirmou a terapeuta ocupacional do Núcleo Atendimento A (Nasf), Sabrina Nejaim.

De acordo com o secretário de Saúde de Garanhuns, Alfredo de Gois, o momento é de grande importância para que sejam atendidas as necessidades de saúde do município. “É uma iniciativa de extrema relevância social na melhoria do acesso à saúde. Portanto, nossos profissionais podem refletir essa especialização dentro de seus serviços e atendimentos”, finalizou o titular da pasta.

Fotos - Curso de precepção (5) - Aquilles Soares - 22.03.17

Fotos: Aquilles Soares – Secom/PMG