GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Notícias Prefeito Izaías Régis sanciona lei em benefício de mototáxis

Notícias

Prefeito Izaías Régis sanciona lei em benefício de mototáxis

Ocasião reuniu autoridades no gabinete do gestor, na manhã de hoje (27) 27 de dezembro de 2019 O prefeito Izaías Régis sancionou, na manhã desta sexta-feira (27), a Lei nº 4637/2019, encaminhada pela Câmara de Vereadores, que faz alterações quanto...


Ocasião reuniu autoridades no gabinete do gestor, na manhã de hoje (27)

27 de dezembro de 2019

O prefeito Izaías Régis sancionou, na manhã desta sexta-feira (27), a Lei nº 4637/2019, encaminhada pela Câmara de Vereadores, que faz alterações quanto a tópicos da regulamentação nos serviços de mototáxi e motofrete. A sanção prevê benefícios à categoria, incluindo maior celeridade nos processos administrativos e medidas que refletem na segurança, tanto para os profissionais quanto à população que utiliza o serviço. A ocasião reuniu, no Gabinete do Palácio Celso Galvão, vereadores, secretários municipais, e outras autoridades locais.

Entre as mudanças, a lei que antes exigia um prazo de vida útil da moto de 5 anos, aumentará para 10 anos; o ato administrativo que antes só permitia a profissionais com permissões canceladas ou transferidas a conseguirem uma nova após 30 meses do ocorrido, agora foi reduzido para 12 meses — prazo contado a partir do descredenciamento. Quando havia cometimento de infrações específicas, a permissão era cancelada, a partir de agora, além da permissão cancelada, o colete oficial também terá de ser devolvido, evitando o serviço clandestino.

Hoje, para celeridade do processo de cadastramento de novos profissionais, passa a ser adotado o processo de Chamamento Público, e não mais de Licitação; além disso, hoje, a legislação destina um quantitativo específico de permissões para os cidadãos dos distritos do município (São Pedro, Iratama e Miracica), bem como para os remanescentes de Comunidades Quilombolas que residam em Garanhuns, tornando o processo mais inclusivo. Entre as mudanças, também há o valor da infração gravíssima, que passou de 700,00 para 2 mil reais.

O presidente da Casa Raimundo de Moraes, vereador Daniel da Silva, destacou a gestão pela preocupação com a categoria, além das formas de coibir o serviço clandestino e dar maior segurança a mototaxistas e passageiros. “A gestão otimizada em resolver as situações dos mototaxistas tem trazido resultados na gestão do prefeito Izaías Régis, que sempre defendeu e buscou, no seu governo, ações e projetos para melhoria do serviço”, registrou.

Na ocasião, o prefeito Izaías Régis se comprometeu, ainda, a enviar um projeto de lei para Câmara de Vereadores doando um terreno para a Associação dos Mototaxistas para que eles tenham uma área direcionada para o lazer dos mesmos com suas famílias. O prefeito também evidenciou sua preocupação com a padronização do serviço, que a partir de 2020 deve passar por ajustes na vestimenta dos profissionais.

Além do prefeito Izaías Régis e vice-prefeito Haroldo Vicente, estiveram presentes os vereadores Daniel da Silva, Luzia da Saúde, Professor Márcio, Carla Patrícia, Audálio Ramos, Ary Souto, Zaqueu Lins, Alcindo Correia e Marinho da Estiva; o presidente da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), Elielson Pereira; secretária de Comunicação Social, Jacqueline Menezes; e o controlador municipal Glauco Brasileiro. Representantes da categoria também estiveram presentes no momento e acompanharam a assinatura.

Assessoria de Comunicação Social e Imprensa — ACSI

Fotos: Camila Queiroz (Secom/PMG)

Redimensionar Fonte
Contraste