GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Notícias Garanhuns registra menor demanda por leitos de UTI durante a última semana

Notícias

Garanhuns registra menor demanda por leitos de UTI durante a última semana

Taxa de ocupação dos leitos de retaguarda clínicos também apresenta redução superior a 50% [...]Leia mais...

Publicado em

O município de Garanhuns registrou, durante a última semana, uma redução na taxa de ocupação dos leitos de UTI e de retaguarda clínicos. O crescimento de internações para pacientes moderados e graves com Covid-19 fez com que, há duas semanas, a ocupação em leitos de UTI chegasse a 100%, e nos leitos de retaguarda em níveis de 97%. Estes números diminuíram expressivamente na última semana, após a adoção de novas medidas restritivas para combater o avanço da Covid-19.

Nesse sábado (05), o município registrou 85% de ocupação nos leitos de UTI, e níveis de 46% nos leitos de retaguarda. Este total leva em conta os 58 leitos clínicos municipais e estaduais, sendo 22 na Unidade de Tratamento Covid-19, 18 na Unidade Covid-19 Palmira Sales e 18 no Hospital Regional Dom Moura.

“Os números são positivos, e refletem que as medidas mais duras de isolamento funcionam. Isso justifica também a flexibilização em alguns segmentos, que terá início nesta terça-feira. Porém, não podemos baixar a guarda contra o vírus. Se os números voltarem a subir, serão necessárias novas restrições para conter o avanço da doença”, ressalta o prefeito Sivaldo Albino.

Mais leitos de UTI — Ao longo do mês de maio o município teve um alto índice de óbitos pela Covid-19. Por esse motivo, além da adoção de medidas mais rígidas, o Governo Municipal trabalhou para que fossem ampliados os leitos de UTI em Garanhuns. Atualmente são 40 leitos; considerando os 10 leitos na Unidade de Tratamento Covid-19, 10 leitos no Hospital Regional Dom Moura e 20 leitos no Hospital Perpétuo Socorro.

“A ampliação dos leitos, em paralelo a vacinação das pessoas, tem nos ajudado a salvar vidas. Toda nossa equipe está trabalhando diuturnamente, analisando os números, e planejando quais serão os próximos passos. Não é fácil adotar medidas que afetam a vida da população, mas seguimos firmes no combate ao vírus, com a esperança que dias melhores virão”, finaliza Sivaldo.

Texto: Aquilles Soares

Arte: Lucas Monteiro

Foto: Thomas Ravelly

Redimensionar Fonte
Contraste