GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Informamos que devido ao grande número de acessos aos serviços online da prefeitura, os mesmos poderão ficar instáveis ou indisponíveis.

Inicio Notícias Garanhuns apresenta redução nos índices de dengue do último bimestre

Notícias

Garanhuns apresenta redução nos índices de dengue do último bimestre

Resultado foi apresentado no terceiro Levantamento do Índice Rápido de Infestação Predial do Aedes aegypti de 2020 23 de julho de 2020 A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de Vigilância em Saúde, registrou uma redução no último...

Publicado em

Resultado foi apresentado no terceiro Levantamento do Índice Rápido de Infestação Predial do Aedes aegypti de 2020

23 de julho de 2020

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de Vigilância em Saúde, registrou uma redução no último Levantamento do Índice Rápido de Infestação Predial do Aedes aegypti (LIRAa), realizado pelo Programa Nacional de Controle à Dengue em Garanhuns (PNCD-GUS). Os dados são divulgados de forma bimestral, levando em consideração focos do mosquito Aedes aegypti, nos bairros, comunidades e distritos do município.

O último índice de 2,9 % mostra uma redução no percentual de infestação em Garanhuns, durante os meses de maio e junho deste ano. De acordo com os dados, houve uma diminuição de 1,4 %, em relação aos meses de março e abril. “Buscamos  sempre intensificar as ações de combate ao mosquito em nosso município, com o intuito de que os números da dengue sejam reduzidos a níveis de menor risco. Este resultado não seria positivo sem a colaboração de todos os profissionais envolvidos, e também da população de Garanhuns”, pontuou a secretária de Saúde, Nilva Mendes.

Mesmo com as medidas preventivas adotadas em decorrência da pandemia da Covid-19, que impõem restrições às visitas domiciliares, o setor de Vigilância em Saúde segue desenvolvendo estratégias para dar continuidade ao controle das arboviroses no município. Entre as ações realizadas, está o trabalho de caráter orientativo, com foco na prevenção das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, que é realizado diretamente pelos agentes de combate às endemias (ACE’s).

Outras atividades também têm sido essenciais na redução dos índices, como mutirões de limpeza em diversas localidades; e o bloqueio viral, que é realizado periodicamente, levando em consideração os números do LIRAa. Esta ação consiste na aplicação de um inseticida, por meio de pulverização com o sistema de Ultra Baixo Volume (UBV), que interrompe o ciclo das doenças transmitidas pelo mosquito, em um raio de até 200 metros de casos notificados.

Assessoria de Comunicação Social e Imprensa — (ACSI)

Fotos cedidas pela Secretaria Municipal de Saúde


Redimensionar Fonte
Contraste