GovBR
Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
Inicio AMSTT AMSTT modifica pontos de câmeras de videomonitoramento

AMSTT

AMSTT modifica pontos de câmeras de videomonitoramento

Medida foi tomada devido à necessidade de monitoramento em outros locais [...]Leia mais...


12 de fevereiro de 2020

A Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) iniciou hoje (12), o processo de modificação de pontos de câmeras do sistema de videomonitoramento. As câmeras localizadas nas seguintes vias: avenida Caruaru com a rua Amauri de Medeiros; rua Doutor José Mariano com a rua Ferreira de Azevedo e avenida Agamenon Magalhães; e rua Dantas Barreto com a travessa Antônio Miranda, passarão a funcionar na rua Manoel Clemente, no entroncamento com a rua Cônego Benigno Lira; avenida Santo Antônio, nas imediações da Igreja Santo Antônio; e nas imediações da loja Nova Fátima, também na avenida Santo Antônio.

De acordo com o secretário-executivo da AMSTT, Adilson Sulene, a medida foi tomada após a Autarquia verificar a necessidade de videomonitoramento em outros locais. “Após uma avaliação de dois meses, nós constatamos que alguns pontos precisam de maior atenção, em relação a fluxo de veículos e segurança, e por isso, estamos colocando as câmeras de videomonitoramento nesses locais. Nós continuamos avaliando os demais pontos e caso seja necessário, faremos novas modificações”, comentou o secretário-executivo.

Videomonitoramento — O sistema de videomonitoramento foi instalado em Garanhuns no mês de outubro de 2019 e, atualmente, conta com 15 câmeras que contribuem para a fiscalização de segurança e trânsito da cidade. A instalação do sistema atende a duas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), sendo elas a 471/13, de dezembro de 2013, que regulamenta a utilização de sistemas de vídeo para fiscalizações de trânsito em estradas e rodovias, autoriza o agente de trânsito a autuar condutores e veículos por descumprimento das normas gerais de circulação captadas pelo sistema, atribuindo a responsabilidade pela emissão do auto de infração, além de solicitar a implantação de sinalização; e a resolução 532/15, de junho de 2015, que inclui e autoriza a fiscalização por câmeras de monitoramento nas vias urbanas.

Assessoria de Comunicação Social e Imprensa — (ACSI)
Texto e fotos: Daniela Batista — (Secom/PMG)
Atendimento a imprensa: (87) 3762-0109

Redimensionar Fonte
Contraste